Jacaré de 2 metros é encontrado em universidade

Animal capturado foi encaminhado para o centro de pesquisas da Ucsal, em Pituaçu

Um jacaré de dois metros foi capturado nesta sexta-feira (12), na Universidade Católica do Salvador (UCSal), no campus de Pituaçu, localizado na capital baiana. O animal da espécie Paleosuchus palpebrosus (Jacaré-anão) é uma fêmea.

De acordo com a instituição de ensino, o animal foi capturado após ser visto no estacionamento. Ninguém foi atacado. Ele foi contido por funcionários e uma equipe técnica da área de biologia o encaminhou para o centro de pesquisas biológicas da universidade, também no campus de Pituaçu.

O jacaré está sendo analisado pelo coordenador do Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente da UCSal, professor Moacir Tinoco, junto com uma equipe de pesquisadores.
A previsão é de que o animal seja solto na Lagoa de Pituaçu, no final da tarde desta sexta-feira.
Segundo explica o administrador geral da universidade, Darius Quadors, o campus está inserido no Parque de Pituaçu, uma das principais reservas ecológicas da capital baiana, e é comum encontrar esse tipo de animal no local.




"Já aparceu outro jacaré, cobras, isso é normal nesse tipo de ambiente em que estamos inseridos, mas sempre agimos de forma que preserve o animal. O jacaré, que é de médio a grande porte, está imobilizado confortavelmente, sem que sejam forçados seus membros. Qualquer situação com um animal desse é estressante, então o soltaremos quando estiver próximo de anoitecer porque é o momento em que ele vai procurar um local para se acomodar. Durante o dia, ele poderia sair procurando outros espaços", explicou Quadros.

Fonte: g1  Fotos: Divulgação

0 Response to "Jacaré de 2 metros é encontrado em universidade"

Postar um comentário